Seja bem-vindo ao OpenBrasil.org

Ilha da Trindade


A ilha da Trindade fica no extremo oriental da cadeia de montanhas submarinas denominada Vitória-Trindade, distante 1.160 quilômetros do continente, e pertence ao estado do Espírito Santo. Com expedições periódicas sempre apoiadas pela Marinha do Brasil, o Tamar realiza a coleta de dados que apontam a ilha da Trindade como o maior sítio reprodutivo brasileiro da tartaruga verde (Chelonia mydas) e área de alimentação da tartaruga de pente (Eretmochelys imbricata).

A ilha surgiu há aproximadamente três milhões de anos, da zona abissal do Atlântico Sul, através de atividades vulcânicas. As profundidades oceânicas ao seu redor atingem 5.800 metros. A parte emersa atinge até 600 metros, cobrindo 9,28 quilômetros quadrados.

O clima é do tipo oceânico tropical, a temperatura média anual é de 25,2° C. Fevereiro é o mês mais quente do ano (25,2°C) e agosto o mais frio (17,3°C). Até 1850, a ilha era coberta por uma floresta de árvores Colubrina Granulosa, hoje quase inexistente. Abriga uma diversificada fauna marinha com recifes de algas calcáreas, invertebrados, peixes e aves.

Trindade foi ocupada por portugueses e ingleses e está sob domínio brasileiro desde 1910. Já recebeu visitas de piratas, pesquisadores e prisioneiros políticos. Desde 1957 é guarnecida pela Marinha do Brasil, com cerca de 40 homens, que permanecem na ilha por períodos de quatro meses. Viagens de reabastecimento são realizadas bimestralmente, para troca de metade da guarnição. Possui uma estação meteorológica que diariamente envia dados para a Diretoria de Hidrografia e Navegação.

Localidade: Leste do Estado do Espírito Santo
Estado: Espírito Santo

Foto: A/D - Arquivo OpenBrasil.org
I love Brazil - OpenBrasil.org
Página anterior Próxima página

INFO

I love Brazil - O Brasil é cheio de lugares paradisíacos. São rios, cachoeiras, lagoas com água cristalina, cavernas, barreiras de corais, cataratas e muitos mais. De norte-sul e de Leste-Oeste um Brasil que encanta o mundo por suas belezas naturais e arquitetônicas que ainda é pouco explorado pelos brasileiros.